quarta-feira , 15 de maio de 2019

Dicas para organizar a mudança

mudanças

Mudar de residência é uma tarefa que não pode ser considerada fácil. Transferir toda a sua vida para outro lugar exige que você tenha organização e muita disposição. Seja qual for o tipo de mudançalocal, intermunicipalinterestadual ou internacional– o ideal é que você comece a planejar a sua com bastante antecedência, para que nada dê errado.

Se você encontrou o imóvel perfeito, mas não sabe por onde começar, não se desespere! Reunimos os principais passos para você se mudar com tranquilidade:

– O primeiro passo é pesquisar uma transportadora que atenda às suas necessidades. Geralmente, elas são especializadas em transporte interurbano e interestadual ou em transporte internacional. A empresa escolhida deve ser de confiança, pois ela vai estar em posse dos seus bens enquanto realiza o transporte. Para acertar na escolha, visite o site das empresas e peça indicações a amigos e familiares que já tenham contratado o serviço e ficaram satisfeitos com o resultado. Procurar uma transportadora deve ser a primeira coisa a ser feita, para que você não tenha problemas com a disponibilidade de datas da empresa e consiga realizar a mudança no dia escolhido. Quanto ao contrato de prestação de serviços, você deve checar se nele consta o número limite de caixas que foi acordado e se estão discriminados todos os itens que serão coletados. Procure saber, também, se estão inclusos no preço estipulado pela empresa o custo do seguro dos bens transportados e os materias para embalagem.

– Após a transportadora ser contratada, chega o momento de começar a empacotar as suas coisas. Comece pelos itens que você não usa com frequência, como roupas de cama, mesa e banho, louças, CDs e DVDs, livros, revistas etc. Você vai precisar de itens como caixas de papelão, caixas plásticas, etiquetas, canetas tipo pincel atômico e fitas adesivas para que seus objetos cheguem à casa nova sem sofrer nenhum dano. Dê preferência à caixas pequenas e médias, que, quando cheias, não ficam muito pesadas. As aberturas superiores e inferiores das caixas devem ser bem lacradas com fita adesiva, para que não abram com facilidade. É importante indicar a parte de cima das caixas com setas e escrever a palavra “frágil” nas caixas que transportam objetos quebráveis ou de valor elevado, além de identificar nas caixas a que cômodo da casa os itens contidos nela pertencem, o que vai ajudar muito na hora de arrumar tudo na casa nova.

– É recomendável fazer uma lista das coisas que você pretende levar, para que nada seja esquecido e para que você tenha noção do espaço que será ocupado na casa nova. E se não couber tudo, que tal aproveitar esse momento para se desapegar das coisas que você não usa mais? Separe as roupas e sapatos que você já não utiliza e venda em bazares ou doe. No caso dos móveis, é possível contratar o serviço de empresas de guarda móveis, que armazenam seus móveis em um local seguro durante um tempo determinado, até que você resolva recebê-los de volta.

– Procure não abastecer sua casa atual com grandes quantidades de alimentos e de produtos de limpeza e higiene pessoal. Faça um planejamento e evite comprar o que for excedente ao dia da mudança, pois esses itens também terão que ser transportados. Consuma, de preferência, os alimentos que já estão abertos e os que são muito perecíveis.

– Com uma semana de antecedência à mudança, entre em contato com as empresas de eletricidade e telefonia, a fim de atualizá-los sobre o seu endereço para que os serviços de telefone, internet, tv a cabo sejam transferidos e que a energia seja ligada na nova casa. O mesmo cuidado deve ser tomado com outros tipos de serviço por assinatura, como revistas e jornais e com qualquer outra empresa que entre em contato com você através de correspondência, como bancos, empresas de cartão de crédito, etc.

– Ainda na semana antes de se mudar, visite a nova casa e faça uma faxina ou contrate uma empresa de limpeza e conservação de ambientes. Aproveite para ver se as torneiras, descargas, tomadas e lâmpadas estão funcionando perfeitamente. Caso seja necessário, negocie o reparo com o antigo dono do local ou com a imobiliária que intermediou a compra ou aluguel do imóvel. A ideia é deixar o ambiente pronto para que você e sua família se mudem com tranquilidade.

– Se você pretende manter o mesmo guarda-roupas, retire as gavetas com suas peças dentro, embale em uma sacola grande e feche com uma fita adesiva. As roupas que ficam penduradas em cabides podem ser comportadas em caixas de tamanho grande, ainda presas à essas peças. Essas duas dicas vão poupar seu tempo na hora de recolocar as roupas em seus lugares.

– Prepare um kit de emergência para o dia da mudança. Separe em uma mala ou uma caixa especificada algumas roupas, toalhas de banho, roupas de cama, papel higiênico e outros produtos de higiene pessoal, água e alguns alimentos que sejam práticos e fáceis de consumir e outros artigos que você considera que são de primeira necessidade. Deixe o kit à mão enquanto providencia a mudança. Separe, também, itens como joias, documentos e objetos de valor e leve junto com você para a nova casa.

– No dia da mudança, você deve auxiliar a empresa de frete em sua atual residência, enquanto algum amigo ou familiar recebe os seus objetos na casa nova. Terminado esse processo, coloque cada móvel em seu lugar e cada caixa em seu respectivo cômodo. Em seguida, escolha um deles e comece a desempacotar e arrumar os objetos. Só inicie a arrumação de um cômodo após concluir o outro. Uma boa dica é designar um cômodo para cada membro da família arrumar. Coloque tudo em seu devido lugar e depois faça uma limpeza geral, caso haja necessidade.

Seguindo essas dicas e fazendo tudo com muita dedicação, sua mudança tem tudo para ser um sucesso. Aproveite sua nova morada!

Matérias Relacionadas

Comentários

  1. Daniela disse:

    Gostei, recomendei.

  2. Ramon disse:

    Recomendado.

© TeleListas 2019.