terça-feira , 14 de novembro de 2017

Cervejas especiais: Qual é a sua preferida?

Cervejas Especiais

 

O Mercado de cervejas especiais tem crescido bastante no Brasil. Dessa forma, os bares e choperias investem cada vez mais em uma carta de cervejas voltada para este público, mas ainda assim existem muitas dúvidas acerca dos tipos e nomes diferentes. Quem não é cervejeiro acaba ficando perdido na hora de escolher a gelada no cardápio. Com isso, resolvemos fazer o que o TeleListas.net faz melhor: ajudar você! Elaboramos um mini guia explicando tudo aquilo que você queria saber:

Pra começar bem esse papo de bar, você sabe como é feita a cerveja?

A cerveja é feita a partir da fermentação da mistura de malte, lúpulo e água. Na maioria das vezes, o malte usado é feito de cevada, mas algumas receitas utilizam outros cereais como trigo e arroz. Quando falamos em malte, falamos no resultado do processo de germinação e ressecamento destes cereais.
O malte é fundamental no processo de produção das cervejas, pois é ele o responsável por fornecer açúcares e nutrientes para as leveduras; micro-organismos responsáveis por fermentar os ingredientes.
As características únicas das cervejas que veremos ao longo da matéria são definidas pelo tempo e temperatura da fermentação.

Agora que você já sabe o básico, vamos para as cervejas especiais:

As três famílias mais consumidas são as Lager, Ale e Lambic, que são diferenciadas principalmente pelo tipo de fermentação realizada durante o processo de produção.

Família Lager
São leves e na maioria das vezes possuem cor clara. O teor alcoólico geralmente varia entre 4% e 5%, podendo haver exceções. A produção desta família caracteriza-se pela baixa fermentação durante a fabricação.

– Pilsen: São as mais conhecidas e consumidas no Brasil, tendo uma cor dourada e sabor levemente amargo.
– Bock: Sua coloração varia entre o avermelhado ou marrom e seu aroma é marcado pelo malte. Essa é a exceção da família Lager, tendo uma média de teor alcoólico de 6,3%.
– Schwarzbier: Sua cor é escura e seu sabor remete ao café e ao chocolate, por conta de seus maltes torrados.

Família Ale
Este tipo de cerveja utiliza em sua produção leveduras de alta fermentação, resultando em sabor e aroma frutados.

– Weizenbier: Conhecida como cerveja de trigo, é uma das queridinhas da família Ale. Seu trigo é leve, mas sua consistência e corpo são mais densos. A Weizenbier não passa por procedimento de filtragem, conservando o fermento utilizado no processo de fabricação, o que resulta em uma forte cor amarela como característica.
– Stout: Ao contrário da Weizenbier, a Stout é marcada pela sua cor escura e sabor mais amargo, conseqüência de um processo de produção realizado a partir da cevada torrada. Seu teor alcoólico varia de 5% a 6,5%.

Família Lambic
A família Lambic é originária de uma fermentação espontânea, ao contrário das cervejas Ale e Lager. Esta família é produzida em tanque aberto, para que seja exposta a leveduras selvagens e bactérias. Por conta desta produção diferenciada, seu sabor lembra o sabor de um vinho espumante.

Além desses tipos, existem muitos outros, cada um com aroma e sabor inigualáveis, feitos para agradar diversos paladares.

E aí, já sabe qual é sua preferida? Para descobrir visite uns dos bares e choperias de Cervejas Especiais consultando o TeleListas.net.

 

Os comentários estão desativados.

© TeleListas 2019.