quarta-feira , 4 de junho de 2014

Os principais distúrbios do sono e dicas para dormir melhor

small

Você sente dificuldades para dormir à noite ou para permanecer acordado durante o dia? Sintomas como cansaço persistente, irritação, dificuldades de concentração e queda de rendimento fazem parte da sua rotina? Se a sua resposta foi sim, fique atento! Esses tipos de sintoma, facilmente confundidos com preguiça ou indisposições corriqueiras, podem ter sido causados por algum distúrbio do sono.

É possível melhorar a qualidade do sono com medidas simples, como preparar um ambiente aconchegante para descansar, composto de um colchão adequado ao seu peso, roupas de cama confortáveis  e iluminação apropriada. Em regiões muito frias, podem ser usados lençóis térmicos ou mantas elétricas  para que a pessoa permaneça aquecida durante toda a noite.  Já em regiões onde faz muito calor, um ar condicionado pode garantir o conforto térmico.

Além disso, atitudes como não fazer exercícios exagerados à noite, evitar as refeições pesadas, evitar a ingestão de bebidas alcoólicas, cafeína, chá mate e chá preto e atividades estimulantes, como assistir televisão, além de ter um horário determinado para dormir e acordar podem garantir uma boa noite de sono. Porém, se nenhuma dessas medidas aliviar o problema, é recomendado procurar um Médico do sono, para que o distúrbio possa ser identificado e tratado.

Confira abaixo os principais distúrbios do sono:

Insônia: É o mais popular entre os distúrbios do sono. A insônia pode ser definida como uma dificuldade excessiva para começar a dormir ou pelo sono interrompido várias vezes durante a noite, seguido de dificuldades para voltar a dormir, causando a sensação de sono não reparador. A insônia pode ser tratada com o auxílio de psicoterapia ou medicamentos.

Apnéia do sono: É a diminuição ou interrupção da respiração durante o sono por um período de tempo superior a 10 segundos, fazendo a pessoa despertar muitas vezes durante a noite. Quem tem apnéia do sono também costuma roncar e corre o risco de desenvolver uma doença cardiovascular. O tratamento da apnéia do sono é feito através de aparelhos ortodônticos, medicamentos ou, em casos mais graves, cirurgias.

Narcolepsia: A narcolepsia é um distúrbio do sistema nervoso que provoca sonolência excessiva durante o dia, impedindo que a pessoa realize suas atividades normais, além de causar crises de sono e perda do tônus muscular (cataplexia). O tratamento da narcolepsia é feito com medicamentos que estimulam o sistema nervoso central e antidepressivos tricíclicos.

Bruxismo: É um distúrbio caracterizado pelos atos de ranger ou apertar dos dentes involuntariamente durante o sono, o que provoca sintomas como dor na face, desconforto muscular, dores de cabeça, desgaste dos e do esmalte dosdentes e danos à gengiva. Geralmente, o bruxismo é detectado por dentistas.

Sonambulismo: Mais recorrente em crianças, o sonambulismo faz com que a pessoa fale e caminhe enquanto dorme, correndo risco de sofrer algum acidente. Os sintomas costumam desaparecer com o tempo mas, em casos frequentes, é necessário usar medicamentos.

Se você, algum parente ou amigo apresenta alguns desses sintomas, procure um médico do sono e volte a ter noites tranquilas.

 

Matérias Relacionadas

Os comentários estão desativados.

© TeleListas 2019.