sexta-feira , 19 de abril de 2013

Descarte de remédios, pilhas e baterias

Fonte: sxc.hu

Fonte: sxc.hu

Uma pesquisa recente feita pela Faculdade Oswaldo Cruz traz uma notícia preocupante: 70% dos brasileiros descartam medicamentos vencidos de forma errada e perigosa, jogando-os no lixo comum. Além disso, uma outra parcela tem o hábito de descartar esses remédios na pia ou vaso sanitário. Ambas atitudes representam um perigo tanto para a população quanto para o meio ambiente. Isso porque, descartados desta forma, os medicamentos vencidos podem ser encontrados e consumidos por outras pessoas, além de contaminarem o meio ambiente e a própria população.

Este número alarmante de consumidores que fazem o descarte incorreto é, muitas vezes, resultado de uma falta de esclarecimento a respeito do assunto. Muita gente joga no lixo comum por não saber que há locais específicos para destinar os remédios vencidos, além de não ter noção do perigo que esses medicamentos representam para a saúde humana e para o meio ambiente, contaminando solos e águas. As informações a respeito disso são muito pouco divulgadas, fazendo com que a população desconheça o destino correto para essas substâncias químicas altamente poluentes.

Veja abaixo a cadeia não-ecológica de medicamentos descartados no lixo comum, esgoto ou pia.

Foto: Descarte Consciente

A preocupação das empresas que participam da cadeia produtiva dos medicamentos deu origem ao programa “Descarte Consciente”. Se você tem remédios vencidos em casa, leve-os para uma farmácia ou entregue-os em uma Unidade Básica de Saúde (UBS). Em cada farmácia participante, existe uma estação coletora que foi desenvolvida com alta tecnologia e segurança visando a atender às exigências sanitárias e facilitar o descarte adequado. Os farmacêuticos presentes nos pontos de coleta estão aptos a auxiliá-lo neste processo. Basta levar os remédios vencidos e jogar no local correto da máquina, divididos em: pomadas e comprimidos, líquidos e spray e caixas e bulas. Para saber os postos de coleta na sua cidade, clique neste link.

Pilhas e baterias também devem ser descartadas corretamente

As pilhas e baterias de uso doméstico também representam um grande perigo quando descartados incorretamente. Na composição dessas pilhas são encontrados metais pesados como cádmio, chumbo e mercúrio, que são extremamente nocivos à saúde humana. Dentre os males provocados pela contaminação com metais pesados estão o câncer, problemas neurológicos e mutações genéticas. É preciso esclarecer que o perigo não está nesses materiais quando eles estão intactos, funcionando corretamente. No entanto, quando são jogados no lixo comum e ficam expostos a deformações, rachaduras e outros danos, o líquido metálico presente em seu interior é liberado e contamina gravemente o meio ambiente. Trata-se de um material não biodegradável, levando centenas de anos para ser eliminado da natureza. E durante este tempo, suas substâncias tóxicas são liberadas em solos, rios e lençóis freáticos, contaminando-os e, consequentemente, contaminando os seres humanos que consomem água e alimentos produzidos pela agricultura.

Justamente por serem biocumulativas e tão perigosas, surgiu a necessidade do descarte correto de pilhas e baterias usadas. Por isso, o Ibama definiu no ano passado que os postos de vendas desses materiais deverão disponibilizar pontos de coleta seletiva. Além disso, de acordo com a nova norma de responsabilidade dos fabricantes, é preciso informar ao consumidor onde descartar ou os locais de coletas desses materiais.

Portanto, procure postos de coletas na sua cidade ou verifique nas embalagens dos produtos onde ele deve ser descartado. Fabricantes de celulares, computadores e outros objetos eletrônicos, por exemplo, têm a obrigação legal de receber de seus clientes os produtos que não são mais utilizados, encaminhando-os para o descarte correto.

Para saber alguns postos de coleta e reciclagem em sua cidade, clique neste link.

Agora que você já sabe os males que o descarte incorreto de remédios, pilhas e baterias podem causar, aja de forma consciente e contribua para um planeta mais limpo e saudável descartando-os nos locais corretos.

Faça a sua parte!

Fonte: Descarte Consciente.com

Matérias Relacionadas

Deixe uma resposta

© TeleListas 2016.