segunda-feira , 11 de junho de 2012

Chia: a semente do momento

Você já conhece a chia, essa semente poderosa que está fazendo a cabeça de muita gente? Se ainda não conhece, prepare-se para se surpreender com as vantagens oferecidas pelo mais novo grão comercializado no mercado. Além de possuir uma enorme quantidade de nutrientes, ele também promete ser uma grande aliada da dieta. Saúde e beleza conquistados com a ajuda de um grão? Sim, isso é possível.

A chia é uma semente encontrada no sul do México e algumas de suas propriedades são bastante parecidas com a da linhaça, que já é bastante famosa e consumida aqui no Brasil. “Primas de primeiro grau”, ambas possuem uma grande quantidade de ômega 3 e funcionam como ótimos regulares intestinais. O ômega 3, principal nutriente da semente, é um verdadeiro aliado da saúde: regula a pressão arterial, diminui o colesterol, fortalece o sistema neurológico, aumenta a sensibilidade à insulina e diminui o risco de ataques cardíacos. Para se ter uma idéia, a chia possui 400% a mais do que nossa quantidade diária necessária de ômega 3, além de uma quantidade de fibras maior do que a encontrada na aveia. Rica tanto nas fibras solúveis quanto nas insolúveis, ela também proporciona um efeito de saciedade, pois em contato com o estômago forma uma espécie de gel que o dilata, ajudando assim no emagrecimento.

Além disso, a chia é altamente rica em cálcio (bem mais que o leite), fundamental na prevenção de doenças como a osteoporose. Outro nutriente presente no grão é o ferro: uma porção de 100 gramas fornece 68% das nossas necessidades diárias de consumo. Um alto teor de proteínas e de magnésio também são encontrados nessa semente. Rica em vitamina A, que fortalece o sistema imunológico e nos protege do envelhecimento precoce da pele, a chia também tem doses de potássio para dar e vender. Vitaminas do complexo B, zinco, manganês, antioxidantes e cobre são outras substâncias bastante presentes na semente.

Para quem quer emagrecer, a dica é tomar uma colher de sobremesa (misturada a um copo de água ou suco) meia hora antes do almoço e do jantar, para produzir o efeito de saciedade que já explicamos aqui. Com a sensação de “estômago cheio”, na hora das refeições você terá menos apetite e, consequentemente, consumirá menos comida, o que colabora muito na hora de fazer uma dieta.

A quantidade diária recomendada pelos nutricionistas é de 1 colher de sobremesa por dia. Para ser consumida, basta misturá-la aos sucos, iogurte, frutas, vitaminas, sorvete, comida ou onde mais você quiser. Para os mais práticos, uma colherinha misturada num copo d’água já cumpre seu papel. Vendida no mercado em quatro formas – óleo, grão, farinha e semi-farinha – seu preço médio está em torno de R$ 70,00 o quilo. Apesar do preço aparentemente salgado, a semente rende muito: um quilo dura aproximadamente 40 dias. E todos os benefícios compensam: ter um grande aliado da saúde podendo consumi-lo de forma tão prática e rápida não tem preço. Uma pequena colher, misturada a qualquer alimento ou bebida, é capaz de suprir nossas necessidades diárias de dezenas de nutrientes.

E aí, ficou curioso com as promessas da chia?
Passe hoje mesmo em uma loja de produtos naturais e comece a consumir essa semente dos deuses! Os efeitos, segundo a medicina, são bastante positivos. =)

Matérias Relacionadas

Comentários

  1. Antonio nogueira disse:

    Olá, gostei do artigo, aguardo mais dicas como esta. Para eu que estou começando agora são dicas muito importantes.

© TeleListas 2019.